Por que você é capaz de imaginar?
23/11/2016
O quanto você ver, ouvir e sentir e interagir no mundo? Pratyahara
12/05/2017

Meditação! O estado natural de Paz ainda reside dentro de nós.

” A meditação leva nossa mente a um estado natural de Paz!
Faça uma pausa todos os dias para visitar a si mesmo, e deixe a meditação te mostrar a liberdade no Aqui e Agora!”

O que é meditação?

A Meditação é uma técnica para alcançar um estado ampliado de consciência.

Um estado além da mente, além das emoções, além das sensações. Seria o estado da arte de estar no presente e poder ter um encontro consigo mesmo em essência.

É estar no aqui e agora, plenamente.

Meditação é uma jornada em direção a quem você é!” E eu sei que talvez você esteja pensando, mas eu já sei quem eu sou! Mas esta é a questão: nós estamos identificados com muitas coisas que se passaram em nossas vidas, estamos presos incrivelmente a coisas do passado ou tremendamente ansiosos em relação ao futuro nos reserva, e assim, perdemos contato com a realidade que acontece a cada momento, deixamos de vivenciar, porque estamos presos a estes polos.

Para que serve a meditação e quais os benefícios?

Em nosso dia a dia, serve para nos conectarmos interiormente e conhecer a nossa realidade interna para trazê-la em nossa vida externa, a vida de todo dia.

Quando vamos devagarinho aprendendo a ficar um pouquinho mais no presente, essa conexão, nos traz uma quantidade abundante de energia, capaz de aumentar a força do nosso corpo exponencialmente. Sua disposição e energia (prana) aumentam o equilíbrio hormonal, calmaria nos pensamentos e emoções, cura desordens energéticas, alinha os chakras (centros que captam e distribuem energia no corpo), e também te deixa num estado de relaxamento consciente, feliz e em conexão com a vida.

Os benefícios são inúmeros, desde o corpo físico, emocional, mental e espiritual, porém em essência, a meditação é utilizada a milênios para transcender o ego e reconhecer algo maior dentro de si mesmo, reconhecer quem somos nós na essência. A meditação te dá todos esses benefícios como uma resposta e impulso, para continuarmos nossa jornada evolutiva.

O maior objetivo é a LIBERDADE! Podemos ser mestres da nossa mente e não escravos dela.

Qual deve ser a regularidade da prática?

Somos seres tão espetaculares e incríveis, e somos responsáveis pela nossa vida 100% quando adultos. Portanto, todos nós, eu e você, todos os dias, deveríamos fazer uma pausa para visitar a nós mesmos!

Os meditadores afirmam que: a meditação é um estado permanente de consciência. Podemos usar uma técnica para compreender esse estado permanente, mas a meditação  é para ser praticada e vivenciada, e assim, com muito tempo de prática pode ser vivenciada 24 horas do dia.

Todos nós podemos abrir um espaço em nosso dia para nos visitar e auto conhecer. Abrir espaço entre os pensamentos (que falam do passado e do futuro) e ficar em nossa companhia no aqui e agora, livre de expectativas.

Podermos beber de uma fonte infinita de paz e tranquilidade e depois seguirmos um tanto melhor a cada prática, e levando para o nosso dia a dia, a tranquilidade que experimentamos dentro de nós.

Existem quantos tipos de meditação catalogados?

Existem muitos tipos de meditação e não poderíamos dizer que existe uma lista única catalogada, mas poderíamos simplificar em dois grandes grupos segundo os seus benefícios.

  1. A meditação para o bem-estar que promovem o relaxamento, fortalecimento da energia interna, para desenvolver compaixão, amor, paciência, generosidade e perdão.
  2. A meditação como a prática para se alcançar o estado de Iluminação. O estado de bem-aventurança permanente, livre de toda a forma de sofrimento.

O que é preciso para que a meditação apresente resultados?

Essencialmente os resultados vêm com a prática. Nada se mostra em essência sem prática. Há uma máxima que diz: “É melhor uma gota por dia do que um balde por semana”.

E quem pode fazer meditação?

Meditação é uma prática que alicerça todas as pessoas. No nosso dia a dia, estamos identificados com nossas questões emocionais e nossos pensamentos.

Passamos mais tempo presos no passado com culpas, arrependimentos, o famoso “se”, se tivesse sido assim ou assado, ou planificando o futuro, blá, blá, blá,….blá, blá, blá,… Perdemos assim o precioso Aqui e Agora, que fica vazio da nossa presença.

Meditação é a arte de estar no presente e poder entrar em contato com realidades internas que existem dentro de nós. A meditação não é indicada em casos psiquiátricos onde a pessoa não administra a realidade.

Se a felicidade está dentro de cada um de nós, a meditação é um meio de encontrá-la?

Sim! A meditação nos faz ver, sentir e vivenciar a realidade.

E a realidade é que: NÓS JÁ SOMOS FELIZES.

Eu, você e todos nós, já somos felizes.

A Felicidade é um estado natural que já existe dentro de nós, ela não é uma condição ou uma exigência de que algo bom esteja acontecendo para ela se manifestar.

As coisas boas que acontecem fora de nós também tocam esse “espaço de  felicidade”, que já existe dentro de nós.

“Felicidade é um estado e não uma condição.” Ser feliz depende muito mais de estar bem resolvido interiormente do que externamente?  Porque a felicidade está soterrada sob os pensamentos excessivos e repetitivos que temos tido sobre nós.

 

A Meditação te traz para um nível de expansão contínua da sua consciência e sua visão vai perceber mais do que é a realidade, a cada dia; você vai podendo fazer novas escolhas e se liberando das tatuagens, que foram degraus para chegarmos aqui, mas que agora podem ser liberadas.

A Meditação contínua, abre espaço entre estes pensamentos e padrões e crenças, para você reconhecer a sua essência, seus propósitos mais íntegros e a sua missão de vida. Eles estão lá, só estão soterrados, mas a prática constante vai fazer você entrar em contato.

A meditação pode ajudar a lidar melhor com os problemas? Como?

O segredo para mim é expansão de consciência. Ampliar a consciência é: rever padrões e pensamentos e ousar fazer novas escolhas. Por exemplo: Quando você quer sair de um ponto A (problema), para um ponto B (resolução de problemas), precisa perceber que a consciência que você vai chegar no ponto B, não é a mesma que está aqui no ponto A; ou seja, vai ter que acontecer uma expansão de sua mente, da sua consciência. Para chegar no ponto B, tem que modificar algo dentro de você, senão você não chega lá!

Nós precisamos, trazer, seja a calma que a meditação dá, seja a energia, seja a clareza de novos pensamentos, etc… para nosso dia a dia. Espiritualidade tem que ser posta em prática.

Aqui uma técnica de meditação ativa: “Só por agora…” eu observo, dou mais atenção a algo naquele período que eu determinei, escolho fazê-lo por meia hora, depois por uma hora, etc. Ex:

Só por uma hora, não julgar nada nem ninguém.

Só por uma hora, me dar mais apoio.

Só por uma hora fazer uma respiração profunda antes de emitir opinião.

É desafiador e um instrumento de conhecimento da sua mente. Podemos chamar a essa técnica de meditação ativa.

Meditação Anapana: observação da respiração acontecendo naturalmente.

Você se senta, pode ser no chão ou numa cadeira, faz algumas respirações conscientes e libera um bocado da tensão do corpo, então fecha os olhos e mantém a postura com a coluna alongada e os ombros relaxados. Começa a observar a sua respiração como se você fosse um porteiro nas abas das narinas, observa a respiração acontecendo naturalmente, sem a sua interferência, o ar entrando e saindo naturalmente. A mente foge e você traz ela de volta e retorna à tarefa de ficar ali, no presente e observando a sua respiração acontecendo naturalmente, sem o seu controle. Comece devagar, um minuto talvez, depois dois, ou cinco. O que importa é a qualidade, o empenho, a vontade de você experimentar. Não se preocupe com resultados, fique no presente. Praticar respiração consciente representa um ato de profundo amor com a própria vida.

 

Qual é o papel da respiração no processo de meditação?

A respiração é a ferramenta mais poderosa para te trazer no presente, para acalmar a mente e as emoções. Ela é efetiva! Geralmente usamos a respiração antes de iniciar a meditação, justo para ficar no presente, acalmar pensamentos e emoções. Também a utilizamos para trazer a mente de volta (porque ela sai do presente constantemente).

Meditação e respiração consciente caminham juntas.  São como parceiras de um propósito. O propósito de estar no presente.

Praticamos a observação da respiração quando meditamos, mas também podemos usá-la no dia a dia, para tomar consciência de algo e mudar o padrão da mente. Quando estou por exemplo: agora, escrevendo este artigo sobre meditação para vocês.  Eu observo conscientemente, e sinto meus dedos tocando o teclado, sinto meus ombros, e percebo que eles estavam tensos. Então, eu inspiro amplo e expiro relaxando os ombros. Escolho estar mais relaxada neste aqui e agora. São hábitos fantásticos que podem nos ajudar a estar mais vezes checando o corpo, os pensamentos, as emoções e a escolher, com o que eu quero ficar ou não.

Ninguém pode RESPIRAR por você…

Ninguém pode PENSAR por você…

RESPIRE profundamente e PENSE grande!

Eu sou o Helena Gomes e essa é a minha forma de o Yoga entrar em sua vida.

Namastê!


 

 

Mais de 30 anos vivendo o caminho do Yoga.  Hoje atua profissionalmente  como Consteladora e Renascedora. Coordena Retiros de Renascimento no RJ/Teresópolis.
30 anos vivendo o caminho do Yoga. Com formação acadêmica em Educação Física, Especializações e contínua formação em Yoga e Autoconhecimento onde baseio minha atuação profissional.

Os comentários estão encerrados.